Como planejar o seu closet

Closet ou guarda-roupas é um local muito importante para se manter organizado pois é onde diariamente buscamos as roupas a serem usadas para qualquer situação.
Uma dúvida recorrente de clientes é como planejar tamanho, divisões e detalhes de um closet. Resolvi reunir algumas dicas de experiências vividas e estudos que fiz. Um closet deve reunir organização, acesso fácil às roupas e tudo mais que ali se guarda. Não é possível usar o que não se vê.
O closet ideal deve ser dimensionado para acomodar bem tudo aquilo que lhe pertence de forma organizada e fácil manutenção.
O acompanhamento de um profissional para calcular, analisar e recomendar o que há de melhor será fundamental.
Closet Organizado
Closet Organizado
Então vamos para as principais dicas: é importante lembrar que homens e mulheres têm demandas distintas. Camisas, calças, ternos e casacos devem ser acomodados em cabideiros. Para acessórios, malhas, camisetas e outros será necessário gavetas e prateleiras de tamanhos específicos, variando apenas de acordo com a quantidade e espaço disponível. Já o espaço feminino deve prever nichos para as bolsas, altura no cabideiro para os vestidos, local para jóias e acessórios.
O tamanho do closet varia de acordo com a necessidade do morador e espaço disponível. A partir de 5m2 já considera-se adequada para um closet de casal. As paredes laterais devem ter distância mínima de 1,90m uma da outra, permitindo que a marcenaria tenha pelo menos 0,60m de profundidade e a área de circulação fique com 0,70m de largura, espaço mínimo suficiente para uma pessoa. Normalmente usa-se o closet na seguinte proporção: 50% da área para cabideiros, 25% da área fica para gavetas e nichos e os outros 25% restam para as prateleiras.
Dê preferência por portas deslizantes pois além de prático otimiza seu espaço. Deixar aberto também é uma opção. Lembre-se do espelho, este deve ficar em um local onde a pessoa possa ver sua imagem dos pés a cabeça. O espelho pode ocupar uma parede livre, as portas do próprio closet ou até atrás da porta de acesso.
Para a iluminação geral prefira a difusa com alguns focos de destaque. Utilize lâmpadas brancas que não interferem nas cores dos tecidos. Os LED’s também são boa opção para iluminar o interior das gavetas e cabideiros, pois não esquentam.
Pense também na ventilação, se possível tenha uma janela alta na parede oposta a porta de entrada bem próxima ao teto pois assim traz ventilação e luz natural para o ambiente, sem deixar que a luz solar incida direto nas roupas.
E finalmente lembre do piso, por ser um local onde o usuário normalmente está descalço é bom prever carpete ou tapetes. Ou se não quiser essas opções acompanhe o revestimento usado no dormitório, geralmente confortável ao tato.
Espero que essas dicas tenham clareado suas idéias. Invista naquilo que lhe deixará feliz e conte comigo para ajudar.